Skip to main content

A gastronomia da terra e do mar

Os bascos eram homens coletores e caçadores e a riqueza da culinária basca remonta essa ligação do homem com a terra e o mar. Os bascos estão essencialmente ligados à sua terra natal e a gastronomia reflete esses costumes na própria mesa. Os caserios bascos, casas rurais típicas da região, são prova viva desse legado cultural-gastronômico. Essas moradias e construções abrigavam o cultivo de animais e deram origem a alguns dos produtos artesanais  que conhecemos hoje como “jamón ibérico de bellota” ou o “queijo de ovelha de idiazabal”. A riqueza gastronômica da terra também contempla chorizos, setas e pimientos que se transformaram em pratos icônicos como as “patatas com chorizo”, típico de Alava ou ainda os “pimientos verdes fritos” da vila de Gernika”. Para além da terra, a cozinha é reconhecida também pelo mar das margens do Cantábrico. A vocação marinheira de pescados e mariscos são outra parte da espinha dorsal da culinária basca. Bacalhau, Bonito, Atum, Merluza, Anchoas, Lulas são alimentos de pratos internacionais como “bacalhau al pil pil” ou “chipirones en su tinta”, verdadeiros legados de séculos de dedicação dos bascos a boa mesa. Não à toa a gastronomia basca é, hoje, internacionalmente reconhecida. Chefs como Martín Berasategui entre tantos outros acumulam prêmios e estrelas Michelin e fazem do País Basco um representante sempre presente nas listas de melhores restaurantes do mundo.

Gernika

As origens do povo basco

alienalienJaneiro 12, 2024

Leave a Reply